domingo, janeiro 22

Velhas Novidades da política estadual e senadorsaense.

Posted by Jackson Souza on 14:57 | 7 comments
   
      Tudo acontece na nossa cidade, estado, pais, mundo enquanto os politicos escolhem seus nomes para a "guerra democrática" que de democrática não tem nada, no nosso pequeno grande municipio não ha diferença dos demais interiores. 
       Lugar extremamente disputado pelos politicos que gostam de negócio fácil e vida mole, meus caros politicos se querem moleza sentem em podim. Nos interiores a verba chega e não é usada e quando usada, mal aplicada, vergonha que todos nós eleitores de Senador Sá temos obrigação de ter orgulho, já viram isso, se achou confuso, venha ver a real confusão que acontece na época eleitoral,kkkkk, engraçado, mas verdade. Aguardemos respeitado público, pois o circo está proximo de chegar a cidade, porém os palhaços já estão por aqui....
(H.Jackson/ Comentários/Direto ao assunto)

ABAIXO TEXTO DO DIARIO DO NORDESTE
A definição de todos os nomes que disputarão a eleição só deverá acontecer durante as convenções de junho
        Apesar da discussão sobre a eleição deste ano já ter iniciado há algum tempo, por enquanto, tudo ainda não passa de conjecturas. Os partidos ainda ensaiam alianças e possíveis nomes que entrarão nessa disputada para garantir o maior cargo público da Capital cearense. Cientistas políticos analisaram o cenário atual divergindo sobre a intensidade do embate.

     Para o cientista político e professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Uribam Xavier, não existe um cenário que indique que essa eleição municipal será mais competitiva do que as outras. Ele aponta que o PT está confortável, primeiro porque está no poder, segundo porque tem melhorado sua avaliação e, por último, porque não existe uma oposição sistemática.

    Apesar de os partidos de oposição à atual administração estarem se articulando para definir qual será o melhor modo de se apresentarem no pleito, Uribam Xavier observa que nenhum dos nomes postos até agora tem força suficiente para encarar um embate diante de uma aliança entre PT e PSB.

    No seu entendimento, dos nomes que estão sendo apontados pelas legendas de oposição para disputar a Prefeitura de Fortaleza, apenas o de Renato Roseno (PSOL) está realmente preparado para fazer um debate com o candidato do PT e questionar as ações do partido durante os oito anos de administração de Luizianne Lins.

     Quanto a entrada do PSDB na disputa, a seu ver, não significará um maior embate. Na sua avaliação, o que realmente causaria um "rebuliço" nesse pleito, atesta, seria a entrada do ex-senador Tasso Jereissati (PSDB) na disputa, o único, a seu ver, que tem força suficiente para competir igualmente com um candidato lançado pela aliança puxada por PT e PSB. "O jogo mudaria", afirma avaliando que o tucano tem peso político suficiente para movimentar uma boa disputa.

Imaginário    O fato de o eleitorado do PSDB estar historicamente mais concentrado no Interior do Ceará, de acordo com o professor Uribam, está perdendo força. Ele lembra que, em 2010, Tasso Jereissati teve grande número de votos na Capital, apostando que a força política do tucano continua muito presente no imaginário popular.

    Quanto à indefinição que ainda perdura sobre quem será o candidato de Luizianne Lins, Uribam Xavier aponta que é compreensível. Ele analisa que a prefeita tem vontade de fazer seu sucessor, mas desde que seja de seu grupo, por isso, a indicação do secretário de articulação da Prefeitura de Fortaleza, Waldemir Catanho, que é uma pessoa de sua confiança.

       "Mas parece que ela não combinou isso com o Catanho. A impressão é de que ele não sabia dessa pretensão da prefeita de indicá-lo, muito embora ele seja uma pessoa de dentro do gabinete da Prefeita", pontua.

Medo
       Para o cientista político, há nomes qualificados no PT para disputar a Prefeitura, o detalhe, ressalta, é que esses nomes não estão no grupo da prefeita. Conforme Uribam Xavier, a preocupação de Luizianne Lins em colocar alguém de sua corrente, é o medo de enfraquecer dentro do partido, após deixar o cargo de prefeita da cidade.

      A cientista política Patrícia Teixeira diz haver um excesso de nomes que pretendem disputar a eleição, mas nenhum que represente de fato a sociedade. Ao contrário de Uriban Xavier, a estudiosa aposta em uma disputa ferrenha, até mesmo pela participação do PSDB que já deixou claro ter candidato próprio neste pleito municipal.

       Segundo ela, o embate deverá ficar mais concentrado entre PT, PSDB e PDT, outra legenda que também vem anunciado pretensão em lançar um nome para a eleição municipal. A tendência dos sete partidos que vêm se reunindo (PSDB, PR, PTC, PDT, PP, PPS e DEM) para construírem estratégias para a eleição, aponta Patrícia Teixeira, deverá ser por alianças entre si, com o intuito de se fortalecerem em um embate com PT, PSB e PMDB.
Reações:

7 comentários:

  1. Os politicos de Senador Sá são mesmos palhaços, contocionistas e magicos.

    Só fazem palhaçadas;

    Saem de quase todas as situações que o comprometem;

    Somem com nosso dinheiro e suas promessas.

    ResponderExcluir
  2. TEMOS QUE FAZER UMA ANÁLISE DE CADA UM QUE JÁ PASSOU PELA PREFEITURA. O QUE FIZERAM? POR QUE NÃO FIZERAM? E ASSIM, ESCOLHER O QUE REALMENTE É MELHOR PARA SENADOR SÁ.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com o segundo leitor, temos que analizar a coisa e escolher o melhor. Mas não podemos perder as esperanças de dias melhores para a nossa Senador Sá, precisamos acreditar.

    ResponderExcluir
  4. Meu caro CV,

    Apesar da grande decepção com o safado do Alex, em quem votei e não votarei já mais, precisamos acreditar sim, num jovem ou em jovens que possam ter compromissos com essa cidade. Portanto, é necessário acreditar e ter esperança.

    ResponderExcluir
  5. O sonho sempre existirá, isso não tenhamos duvidas, a dúvida é quem vai torna esse sonho em realidade.

    ResponderExcluir
  6. Concordo amigo,em quem deveremos confiar, porque o Alex já mostrou quem ele é, já mais votarei ne le,pra me ele foi o pior de todos.

    ResponderExcluir

Atenção!
Ao comentar, escolha as palavras corretas para que seu comentário atinja seu objetivo, expor sua opinião sobre determinado assunto.
Os comentários passaram por moderação da redação e serão publicados, independente do seu conteúdo, caso o comentarista tenha uma identificação válida!
Obrigado por comentar!