sábado, fevereiro 25

Nível das chuvas no Ceará. Açudes reservam 69% da capacidade total hídrica.

Posted by Jackson Souza on 10:23 | No comments
Superando em apenas 7% a reserva de água do mesmo período do ano passado, recarga hídrica ainda pode melhorar

      Iguatu No Ceará, a média de armazenamento de água nas 11 bacias hidrográficas, neste início de quadra invernosa, é de 69,02%. Ontem, o índice estava 7% superior ao mesmo período do ano passado, totalizando 12,5 bilhões de metros cúbicos acumulados. A expectativa da Funceme é que as precipitações se mantenham dentro da média histórica. Para este fim de semana, a previsão é de ocorrência de chuvas em todo o Estado. Por enquanto, não há açude sangrando dentre os monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). Seis reservatórios estão com capacidade acima de 90%.

Segundo dados da Cogerh, a Bacia do Alto Jaguaribe é a que apresenta o maior volume acumulado, uma média de 83,7%. É nela onde está localizado o segundo maior reservatório do Ceará, o Orós, que atualmente acumula 88,6% de sua capacidade que é de 1,9 bilhão de metros cúbicos. A de menor volume no momento no Estado é a Bacia do Curu, com 47,7%. O Açude Castanhão, o maior do Ceará, com capacidade para 6,7 bilhões de metros cúbicos, localizado na Bacia do Médio Jaguaribe, acumula atualmente, 72%.

Segurança
O secretário adjunto da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH), Daniel Sanford Moreira, avalia que a situação atual de acúmulo médio de água nos principais reservatórios é de segurança, superior ao mesmo período de 2011. Em 2010, houve seca e esse quadro refletiu no acumulado do início do ano passado. "O inverno está demorando um pouco, mas a previsão é que agora a chuva está chegando e com ocorrências em todo o Estado".

Daniel Sanford disse que a expectativa é de ocorrência de uma quadra invernosa regular. "Estamos esperando com ansiedade que isso se caracterize", disse. "A nossa expectativa é que ocorra o aumento do volume dos açudes a partir de março". Sanford frisou que há segurança para o abastecimento de Fortaleza para a próxima década por causa do Açude Castanhão. "A segurança total virá com a transposição das águas do Rio São Francisco", observou. "O Projeto Cinturão das Águas do Ceará está interligando quase todas as bacias, exceto a região dos Inhamuns", explicou.

Para o secretário adjunto da SHR, o abastecimento de famílias em áreas isoladas da zona rural por meio de carro-pipa ainda vai permanecer por mais tempo. "Com certeza, ainda vai demorar a substituição dos caminhões-pipa, pois são pequenos grupos de famílias em áreas muito distantes e isoladas nos municípios que enfrentam desabastecimento e não há como levar adutora para todas as localidades", explicou. "O programa de perfuração de poços executados pela Sohidra permanece para atender essas comunidades".

A meteorologista da Funceme Cláudia Rickes avalia que a situação de início da quadra invernosa no Ceará está dentro da normalidade e da previsão do órgão. "Acreditamos que a estação chuvosa vai ficar dentro da média", disse. Atualmente a região mais favorecida por ocorrência de precipitações é a do Cariri. O mês de janeiro, considerado de pré-estação, ficou com chuva abaixo da média em relação ao mesmo período de 2011. No fim deste mês, a Funceme vai divulgar o índice médio de precipitação verificada em fevereiro no Ceará. É provável que fique aquém do mesmo período de 2011. "Isso não significa que a estação também vai ficar abaixo da média", explicou Cláudia Rickes. Isto é, nos próximos três meses, as precipitações podem ser elevadas. A Funceme prevê chuvas para este fim de semana em várias regiões do Ceará. A expectativa da meteorologia é de que haverá declínio do vórtice ciclone, favorecendo a ocorrência de chuvas no Estado.

O assessor da presidência da Cogerh, Yuri Castro, avalia que a situação atual da média de acúmulo de água nos 136 açudes monitorados pelo órgão, totalizando 12,5 bilhões de metros cúbicos, é boa. "Temos um índice de sete por cento acima do acumulado na mesma data em 2011", observou. "A situação é um pouco mais favorável".

Intensidade
Castro disse que o período atual é dinâmico em decorrência das precipitações que estão se intensificando no Ceará. "Em um mês pode ocorrer uma recarga elevada, mas pode também ter pouca variação, dependendo das intensidades das chuvas", frisou. "A nossa expectativa para este ano é que ocorra uma elevação no nível dos reservatórios em torno de 15% na média". A preocupação da Cogerh no momento é pontual e refere-se aos 13 reservatórios que estão com acúmulo inferior a 30%. Quatro açudes, dentre eles, o Trussu, em Iguatu, acumulam mais de 90%
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Atenção!
Ao comentar, escolha as palavras corretas para que seu comentário atinja seu objetivo, expor sua opinião sobre determinado assunto.
Os comentários passaram por moderação da redação e serão publicados, independente do seu conteúdo, caso o comentarista tenha uma identificação válida!
Obrigado por comentar!