terça-feira, julho 10

Crime: Prefeitura de Senador Sá destrói árvores

Posted by Jackson Souza on 07:19 | 6 comments


Crime Ambiental em Senador Sá

Estamos em pleno século XXI, onde as sociedades lutam para recuperar o nosso planeta das desastrosas destruições ambientais a que sujeitamos os espaços em que vivemos ao longo de nossa história. Não é uma questão de modismo ou falso moralismo, preservar o meio ambiente é necessário, pois ao longo de séculos a humanidade só usufruiu daquilo que a natureza nos oferece gratuitamente, no entanto, a ambição desenfreada gerou e gera exploração exaustiva dos recursos naturais. Que sociedade vamos legar aos nossos descendentes? Hoje já sofremos as fortes consequências dessa falta de cuidado com o meio ambiente e aí me pergunto o que será das sociedades posteriores?
Enquanto se faz campanha de reflorestamento e de preservação do meio ambiente e as escolas tentam disciplinar crianças e adolescentes no combate a crimes cometidos por gerações anteriores contra o meio ambiente, o centro de nossa cidade está sendo desmatado, isso é totalmente insensato, demoro a compreender o que se passa na cabeça de nossos representantes políticos, quem nosso povo elegeu para “cuidar de nossa cidade”. Triste ilusão! Isso é desrespeito aos cidadãos senadorsaenses, que se quer foram consultados sobre o desmatamento de nossas praças...
Por que não construíram um projeto adaptando a reforma das praças às árvores já existentes naquele espaço? É para isso que a prefeitura municipal contrata, com o nosso dinheiro, construtora, por sinal muito bem pago, para realizar as obras, contando com profissionais especializados para construírem o projeto. Isso é simplesmente descaso, falta de zelo e de cuidado com o patrimônio de nossa cidade! Aquelas árvores, assim como a Estação Ferroviária, A Igreja matriz, as escolas etc. fazem parte da história desse povo chamado Senador Sá. Elas viram nossa cidade nascer, fazem parte da vida das inúmeras famílias que constituem a nossa comunidade. Elas eram parte de nossa história, eram patrimônio ambiental, uma representatividade cultural de nosso povo, que foram destruídas. 
Agora lhes convido a uma análise do ponto de vista físico. Retiraram as nossas árvores sombreiras, para plantar o que em seu lugar? Palmeirinhas ornamentais? Dá licença! Nós não moramos no Rio Grande do Sul ou Nos Estados Unidos, moramos no norte do estado do Ceará, uma das áreas de maior insolação do planeta, região equatorial. Nosso clima é predominantemente semiárido, ou seja, quente e seco. Desse modo, fica difícil entender que necessitamos de árvores que dêem sombra nos espaços públicos? Acho que não. 
Essa prática criminosa não começou agora, lembro que cerca de dois anos atrás foram derrubadas as árvores que ficavam do lado esquerdo do mercado público, na rua que dá acesso ao bairro do matadouro. Havia lá alguns canteiros que cercavam as árvores, já estavam velhos e feios, é verdade, mas foram retiradas para nada ser posto em seu lugar. Como tantas outras pessoas, por um longo tempo esperei serem construídos novos canteiros naquele espaço, o que espero até hoje. Vejo como uma prática lamentável destruir o que se tem, para em seu lugar não ser construído coisa alguma. Naqueles velhos canteiros as pessoas se reuniam para conversar e ficar à sombra das árvores, eu mesma o fiz várias vezes, hoje nem uma sombra para esfriar a sela da bicicleta ou da moto nos resta. Lamentável!
Onde vamos parar com essa falta de respeito, ao patrimônio público, ao meio ambiente e aos cidadãos?
Kelvia Emanuely A. Freire

QUEM CALA CONSENTE, MANIFESTE A SUA INDIGNAÇÃO!!!




Veja mais fotos, Clik aqui!

Reações:

6 comentários:

  1. Primeiramente, lamentável o ocorrido.
    Segundo;Parabéns ao blogueiro pela abordagem da matéria.
    Wagner marcelino

    ResponderExcluir
  2. Em uma época de tanta luta pela reservação da natureza, ainda existe pessoas capazes de tamanho absurdo. Arvore que pertencia a cidade desde sua fundação, são destruídas em segundos, simplesmente por capricho e ignorância da atual administração.
    Isto é que é ser ignorante!!

    ResponderExcluir
  3. Haja visto que justamente no ano em que o mundo se uniu para defender um mundo verde e sustentavel através da rio+20, evento ocorrido no Brasil, a administração assassina as arvóres indefesas, que além de fazer parte da biodiversidade , faziam parte da história. é um caso de policia.

    ResponderExcluir
  4. independentemente de qualquer paixão politica, está de parabéns a autora do texto, isso sim é digno de se ler, pautado e baseado na realidade, sem precisar tender para nenhum lado politico. A autora do texto tem razão quando fala que a sociedade não foi consultada, porque não fizeram uma audiência pública? Mais Kelvia o que mais me deixa indignado é que a prefeitura não se manifesta, apenas alguns simpatizantes do gestor ficam colocando nos sites de relacionamentos que quem crititica, faz isso porque é adversário do prefeito. o prefeito é de todos, é do municipio, o que ele fez, nada mais foi a prova que sua administração foi desastrosa, de que é mal assessorado. fica a dica para todos os candidatos da nossa cidade.

    ResponderExcluir
  5. Querida Kelvia, primeiro lhe cumprimentar pela atitude de se insurgir contra os desmando e agressões ao meio ambiente de pessoas que deveriam por dever de oficio defender proteger e dar exemplo.
    Segundo,dizer que sua indignação é de todos que desejam o melhor para SENADOR SÁ, Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  6. Já procuraram saber o que vai ser feito? Acredito que não! Criticar é muito facil, queria ver um de vocês a frente da prefeitura de Senador Sá e sentirem na pele o tamanho da responsabilidade!

    ResponderExcluir

Atenção!
Ao comentar, escolha as palavras corretas para que seu comentário atinja seu objetivo, expor sua opinião sobre determinado assunto.
Os comentários passaram por moderação da redação e serão publicados, independente do seu conteúdo, caso o comentarista tenha uma identificação válida!
Obrigado por comentar!