sexta-feira, julho 26

Já Somam 40 agências bancárias atacadas no Ceará em 2013

Posted by Jackson Souza on 15:23 | No comments

De janeiro até hoje, 40 ocorrências em bancos aconteceram no Ceará, contra 38 casos em 2012, conforme a DRF.


Duas agências bancárias foram atacadas, ontem, no Interior do Estado. Em uma delas, os criminosos utilizaram artefatos para explodir os caixas eletrônicos. Na outra, os ladrões armados renderam um dos seguranças e roubaram sua arma e o colete à prova de balas. Em seguida, levaram o dinheiro que havia na bateria dos caixas e pertences dos clientes da agência.


Do começo do ano até agora, segundo dados da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), ocorreram 40 ataques a bancos, contra 38 no mesmo período de 2011. Em sete meses, já são 58 assaltantes presos. Em 2012, foram 122.
O primeiro ataque de ontem aconteceu na cidade de Senador Sá, na Região Norte do Estado (297Km de Fortaleza). Era por volta de 1h30, quando uma quadrilha atacou a agência do Bradesco e colocou artefatos explosivos nos caixas eletrônicos. A detonação acabou destruindo os equipamentos, mas, conforme informações do Comando do Policiamento do Interior Norte (CPI/Norte), os ladrões não conseguiram levar o dinheiro.


Imagens captadas por uma câmera instalada na frente da agência do Bradesco de Redenção mostram o momento em que os ladrões fogem em um carro FOTO: REPRODUÇÃO



Fuga


Logo após o crime, os cinco assaltantes fugiram da cidade de Senador Sá em dois automóveis. Um deles foi incendiado quilômetros depois na rodovia estadual CE-382, que dá acesso ao Município de Massapê, numa tentativa de dificultar uma eventual perseguição da Polícia.

Até a noite passada, policiais de várias unidades ligadas ao 3º BPM (Sobral) faziam diligências na região, na tentativa de localizar os criminosos. Uma perícia foi realizada, ainda pela manhã, no interior da agência atacada. A Polícia agora tentará resgatar imagens captadas pelas câmeras da agência bancária no sentido de identificar os envolvidos.

O segundo assalto ocorreu por volta do meio-dia, na cidade de Redenção (63Km de Fortaleza), quando quatro homens chegaram armados na agência e renderam funcionários e clientes. Os criminosos, segundo o inspetor da Delegacia de Horizonte, Antunes Mesquita, aproveitaram o horário do almoço, pois dentro da agência só estava um dos dois seguranças.

Os bandidos renderam clientes e funcionários. A ação durou aproximadamente oito minutos, e na saída, a quadrilha levou o revólver calibre 38, munição e um colete balístico, que pertencia ao segurança, além de notebooks e aparelhos celulares que pertenciam aos clientes.

O gerente registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) na Delegacia Municipal de Redenção e o segurança prestou depoimento. O inspetor ressaltou que os quatro bandidos estavam armados. O grupo fugiu em um automóvel Peugeot de cor vermelha, ano 2007, placa OIB-0337 e entrou em uma pequena estrada que dá acesso matadouro da cidade, e abandonou o veículo junto ao matagal. De acordo com a Polícia, o carro usado na assalto foi roubado no último dia 23.

No mesmo local onde abandonaram o veículo, os bandidos queimaram documentos e uma bolsa que levaram do banco.

Inspetores da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) foram ao Município, onde colheram informações para iniciar as investigações. Até a noite passada, no entanto, ninguém ainda havia sido presa pela Polícia.

Câmera

A chegada da quadrilha ao banco foi flagrada pelas câmeras de segurança de um supermercado que funciona ao lado da agência.

O inspetor Antunes Mesquita informou que a Polícia está em posse das imagens e vai tentar identificar os bandidos. A filmagem não é de boa qualidade, mas é possível ver os três indivíduos entrando no banco. Após oito minutos eles saem do local com bolsas e alguns pertences, enquanto uma pessoa espera no carro. Na fuga, a quadrilha quase atropelou um motoqueiro que passava pelo local.

Balanço

Em entrevista ao Diário do Nordeste, no começo da noite passada, por telefone, o delegado Romério Moreira de Almeida, titular da DRF, explicou que, no ano passado, as investigações daquela Especializada, em parceria com outros organismos da Segurança Pública, como a Coordenadoria de Inteligência (Coin), conseguiram desarticular diversas quadrilhas locais e interestaduais que vinham agindo no Ceará, especialmente nos ataques a agências bancárias, com roubos praticados á mão armada, violação de caixas eletrônicos com maçarico ou mesmo ataque a carros-fortes. No total, 122 pessoas acabaram sendo presas.

Neste ano, com o registro de 39 ocorrências em sete meses (apenas uma a mais que em 2012), já foram capturadas 58 pessoas envolvidas em roubos.

FERNANDO RIBEIRO/EDITOR DE POLÍCIA
FONTE: DN
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Atenção!
Ao comentar, escolha as palavras corretas para que seu comentário atinja seu objetivo, expor sua opinião sobre determinado assunto.
Os comentários passaram por moderação da redação e serão publicados, independente do seu conteúdo, caso o comentarista tenha uma identificação válida!
Obrigado por comentar!