segunda-feira, abril 28

Audiência pública com a CAGECE em Senador Sá.

Posted by Jackson Souza on 19:18 | No comments

      Na manhã desta segunda-feira, 28, houve a Audiência Pública para discutir os problemas do abastecimento de água no nosso município. A audiência foi convocada pela Câmara Municipal, atendendo requerimento do vereador Antônio Pereira.    
   O objetivo da audiência foi discutir com a CAGECE os problemas e as soluções possíveis para o drama no abastecimento d’água vivido pelo município há mais de dez anos. Muitos membros da comunidade em geral se fizeram presentes ao ato e puderam manifestar sua indignação com constante falta de água registrada em Senador Sá. Cartazes com palavras de ordem foram confeccionados e levados ao plenário.    

    Várias autoridades se fizeram presentes entre elas: o excelentíssimo senhor Promotor de Justiça da Comarca de Senador Sá, Bismarck Soares Rodrigues; o excelentíssimo senhor Prefeito de Municipal, Alex Sandro Rodrigues Oliveira; a representante da Cagece, Maria do Socorro Sousa; o diretor regional da Cogehr, Vicente Lopes Frota; e o representante da Arce, Geraldo Basílio. Além destes, também estavam presentes os vereadores do município, secretários do executivo, o vice prefeito Prof. Batista, diretores escolares, líderes religiosos, representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e demais segmentos representativos. Audiência foi iniciada pelo vereador Antônio Pereira e coordenada pelo Secretário de Agricultura, Gleucimar Sousa.

    Diante dos questionamentos da população às entidades supracitadas a Arce informou que vem sempre fiscalizando o trabalho da Cagece e que a empresa foi já, inclusive, multada por irregularidades e não cumprimento de serviços em outras cidades. O diretor da Cogehr informou que já existe um projeto do Governo do Estado para construção de uma adutora direto do açude Angicos e que essa medida a longo prazo deve solucionar os problemas de abastecimento de Senador Sá e das outras cidades que usam sistema. A representante da Cagece relatou que o diretor da instituição estaria viajado para Fortaleza com o objetivo de captar recurso pra obras de manutenção e substituição de 5 km de adutora, do ponto de captação até a estação de tratamento.

          Uma outra reclamação da população foi quanto cobrança de taxa de abastecimento em contas que constavam consumo zero. Em resposta, a Cagece informou que vai refaturar os valores e que só será cobrado o consumo.

        Em sua fala o senhor promotor Bismarck Soares questionou as autoridades da empresa de abastecimento pelos dados técnicos da população sobre a distribuição da água. Por causa das informações imprecisas e inconclusivas da ele pediu uma vistoria técnica da adutora que abastece o município e a ARCE informou que irá fazer a coleta de dados entre os dias 19 e 23 de maio, depois de coletados e relatados estes serão enviados ao promotor.

      Assim como na audiência de Uruoca, o TAC (Termo de Ajuste de Conduta) não foi assinado por falta de dados técnicos e de um representante com autonomia para isso. O promotor relatou que vai abrir inquérito para coleta dos dados para assinatura do TAC ou, se necessário, uma Ação Civil Pública.

      Em sua fala, o prefeito Alex Sandro cobrou medidas, pelo menos, paliativas e imediatas para o problema. No geral a audiência, que teve duração de 3 horas, foi um sucesso pela participação popular, das autoridades competentes, pela qualidade das discussões e principalmente pelos resultados que a população de Senador Sá espera observar no futuro próximo. 

Fonte: Prefeitura Municipal de Senador Sá via site oficial
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Atenção!
Ao comentar, escolha as palavras corretas para que seu comentário atinja seu objetivo, expor sua opinião sobre determinado assunto.
Os comentários passaram por moderação da redação e serão publicados, independente do seu conteúdo, caso o comentarista tenha uma identificação válida!
Obrigado por comentar!